Educação

O que a vacinação da Covid-19 significa para a educação?

Publicado em: 11/06/2021

Entenda quais benefícios a vacinação em massa pode trazer para o setor 


por Hellen Barbosa 

O setor de educação brasileiro tem passado por diversas adaptações ao longo dos anos. O exercício de repensar as estruturas da educação sempre foi uma realidade, e durante a pandemia do Coronavírus, estas adaptações só tem aumentado. Educadores estão, cada vez mais, observando a vida e fazendo conexões com as disciplinas e conteúdos trabalhados nas salas de aula. 

Para pensar no futuro, é preciso que estes desafios sejam resolvidos em nosso presente. O começo do ano passado (2020) já foi marcado pelo desafio de implementar as novas diretrizes da Base Nacional Comum Curricular. O Brasil é um país muito grande e diverso, e todas as escolas espalhadas pelo país enfrentam em seu dia a dia, grandes desafios, diversidades e dificuldades bem singulares. Além disso, saber lidar com uma pandemia mundial, e com todos os contratempos e mudanças que vieram junto com ela também se tornou necessário. 

Desde que tudo isso começou alguns cuidados precisaram ser tomados. Para evitar a propagação da Covid-19 se tornou necessário lavar as mãos com frequência; usar, com frequência, sabão e água ou álcool em gel; manter uma distância segura de pessoas que estiverem tossindo ou espirrando; usar máscara quando não for possível manter o distanciamento físico, não tocar nos olhos, no nariz ou na boca; cobrir o nariz e boca com o braço dobrado ou um lenço ao tossir ou espirrar; ficar em casa caso se sentir indisposto e procurar atendimento médico se tiver febre, tosse e dificuldade para respirar. 

Junto a tudo isso, a quarentena e o isolamento social também viraram uma realidade. Com isso as escolas fecharam. E o ensino a distância passou a ser uma realidade para muitas delas. Após um ano vivendo neste cenário foi preciso passar por mais uma grande adaptação, agora para o ensino híbrido. E é esta realidade que temos vivido nos últimos meses. 

A vacinação contra a Covid-19 é a única forma de voltarmos a conviver uns com os outros em total segurança. Professores, educadores e todos os outros profissionais da educação precisam ser vacinados para que o ensino presencial, 100% utilizado nas escolas brasileiras de Ensino Básico, volte a ser uma realidade para nossas crianças. Acelerar a vacinação destes profissionais é preciso para que o prejuízo pedagógico provocado pela pandemia não seja ainda mais grave. 

A ressignificação da educação, e da saúde também, a partir do avanço da vacinação em massa, foi uma tendência de comportamento pós-pandemia previsto em um estudo feito neste ano de 2021 pelo jornal The Economist. Alguns estados brasileiros já iniciaram a vacinação aos profissionais de educação e isso é um ótimo avanço. Afinal, o ensino híbrido tem funcionado por enquanto, mas ele é apenas uma medida paliativa para o atual momento em que estamos. Nossos estudantes brasileiros precisam ter, de novo, acesso ao ensino presencial, que por tanto tempo, deu conta de ensinar.

Tags: super cérebro, método super cérebro, educação, vacinação, covid-19
Leia Mais